Emergência 193

Notícias

MEIO AMBIENTE

Bombeiros de Mato Grosso reforçam combate a incêndio no Pantanal de MS

30/10/2019 - 16:00
Pantanal ainda é o bioma com mais incêndios florestais
Augusto Pereira / TC BM Gledson

Mato Grosso do Sul solicitou na segunda-feira (28.10) o reforço do Corpo de Bombeiros Militar de Mato Grosso para combater o incêncio que ameaça a Reserva Particular de Patrimônio Natural Morro do Azeite, no município de Miranda. O tenente-coronel Gledson Bezerra, piloto de avião do CBMMT, estava participando de um evento sobre incêndios florestais em Campo Grande, quando foi acionado para dar apoio no combate ao fogo que atinge o Pantanal sul-mato-grossense.

Após uma hora de voo, partindo de Campo Grande, a tripulação pode localizar o incêndio e identificar grande área atingida por distintas frentes de fogo. Também foi possível verificar que a grande quantidade de biomassa disponível para queima, somada aos fortes ventos na região, favoreceram a progressão do incêndio. A evolução da frente de fogo já atingiu uma linha de transmissão de energia e ameaça a RPPN Morro do Azeite.

No dia seguinte (29/10), após o planejamento operacional e o voo de reconhecimento, uma Guarnição de Combate a Incêndio Florestal do dos bombeiros de MS foi infiltrada no setor entre a estrada parque e o Rio Miranda. O objetivo dessa guarnição era realizar o combate direto e indireto na linha de fogo que se encontrava evoluindo na área e evitar que a frente ultrapassasse a estrada parque. 

O piloto e o Air Tractor de MT foram empregados para combater os pontos de maior intensidade e realizar a prevenção para evitar a propagação de focos secundários que ultrapassavam as linhas de defesa. A visão do alto permite orientar as equipes atrás da coordenação terra-ar. Para os objetivos pretendidos neste setor houve êxito nos trabalhos das equipes terrestres e aérea.

No combate aéreo foram lançados aproximadamente 50 mil litros em pouco mais de 7 horas de operação. Na oportunidade, o Grupo de Aviação Bombeiro Militar auxiliou estrategicamente as equipes terrestre na construção dos aceiros de defesa. O incêndio florestal ainda encontra-se evoluindo em grandes proporções e os objetivos de controle estão sendo determinados de modo parcial e setorizado.

Na noite de terça o GAvBM, ainda realizou um voo de reconhecimento diurno para traçar novas estratégias para esta quarta.

Principais Recursos empregados

10 bombeiros

7 brigadistas

50 Funcionários de fazendas

01 Helicóptero

01 Avião de Combate (7h de voo, 50 mil litros lançados)

Tratores, Caminhões pipa e caminhonetes.

O CBM MT também está no Facebook e Instagram. Siga-nos!